CEO do PayPal realiza primeira compra com Bitcoin testando novo serviço

April 1, 2021

O CEO do PayPal, Dan Schulman, gravou um vídeo testando o novo serviço relacionado a criptomoedas do seu aplicativo de pagamentos. Ainda disponível apenas nos Estados Unidos, o PayPal anunciou nesta manhã que permitirá que usuários liquidem suas posições em criptoativos para realizarem compras nas milhões de lojas integradas ao PayPal ao redor do mundo.

Em um passo a passo, Schulman visitou o site do Bronco Western Wear para adquirir um par de botas. Depois de escolher seu tamanho, ir para a página de checkout e fazer seu pedido, ele escolheu Bitcoin para pagar sua compra de US$ 299.

O executivo explica que a criptomoeda agora pode ser usada perfeitamente como uma fonte de financiamento, em vez do saldo do PayPal ou cartão de crédito.

Neste novo serviço do PayPal, o sistema automaticamente vende as criptomoedas do comprador e entrega o valor em dólares para o lojista. Por um lado, isso difere da notícia da Tesla anunciando que irá receber e manter os bitcoins recebidos, mas a vantagem é que da noite para o dia todos os comerciantes do PayPal estarão automaticamente aceitando criptomoedas, mesmo que não sejam pessoas interessadas no assunto.

Vale notar também que, em caso do cliente precisar de reembolso pela compra, receberá o saldo em dólares e não em bitcoin ou outra cripto. Dependendo da volatilidade do BTC, isso pode ser benéfico ou prejudicial para o consumidor, o que contrasta com os termos e condições para comprar um Tesla com bitcoin, que é sempre prejudicial para o bitcoiner em caso de reembolso.

Pessoalmente, Shulman detém bitcoin há anos, mas o PayPal se aventurou no mercado de criptomoedas apenas no final de 2020, permitindo que seus clientes comprassem e mantivessem ativos digitais pelo aplicativo.